Consenho Nacional do Café
20.04 - CNC - Balanço Semanal de 16 a 20/04/2018 18.04 - Negócios, palestras e seletiva de barismo. Veja destaques do 1º dia do Simcafé 18.04 - Encontro debate produção de café diante de mudança climática no Cerrado Mineiro 17.04 - Café especial: ações internacionais em março devem gerar US$ 13,4 milhões 17.04 - Cooxupé analisa cafeicultura com otimismo para 2018 10.04 - 10º Simcafé promete muita informação e novidades a partir desta terça 17.04 - Cooperado da Expocaccer vence 27º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café 13.04 - COMUNICADO: Fórum Mundial de Produtores de Café se tornará uma Organização 13.04 - Semana: CNC defende sustentabilidade econômica nas reuniões da OIC 12.04 - Ações no mercado, como divulgação em novela, mostram arrojo da Expocaccer 11.04 - Cooperativismo sustenta o avanço da produção brasileira de café 11.04 - Expocaccer promove programa com foco na qualificação dos cooperados 11.04 - Cocapec: 10º Simcafé acontece de 17 a 19 de abril 10.04 - Em Franca (SP), simpósio reúne produtores da Alta Mogiana 10.04 - Alta Mogiana sedia pela 1ª vez pré-seletivas para Campeonatos Brasileiros de Barismo 10.04 - Café especial fez surgir novos profissionais da área 09.04 - CAFÉ/CNC: Governo liberou recursos para contribuição anual à OIC 09.04 - Minasul elege Conselho Fiscal 2018-2019 09.04 - Cocatrel orienta cooperados a monitorarem cafezais para o início da colheita 06.04 - Semana: trabalho do CNC garante pagamento do Brasil à OIC
Notícias - Associados

Café especial fez surgir novos profissionais da área
Blog BSCA
10/04/2018

A evolução dos cafés especiais abriu um leque de novas opções profissionais. No Brasil, por exemplo, mesmo com a ligação histórica do produto, somente nos 1990 começou a surgir um interesse maior pelas características do café. Somente nesse período é que as propriedades superiores da bebida, como procedência, seletividade de grãos e padrão de torra começaram a ser estudados por especialistas.

O crescente interesse pelos cafés – e o consequente aumento na produção de cafés especiais -, também levou a uma busca por especializações profissionais. Hoje, termos como Q-Grader, Barista e Mestre de Torra ainda podem ser desconhecidos da maioria dos brasileiros, mas, aos poucos, começam a ganhar status na cadeia do café.

Mas quem são esses profissionais e o que fazem?  Vamos começar a explicar sobre o Q-Grader.O profissional denominado Q-Grader trabalha com degustação e classificação de cafés especiais. Para ser chamado de Q-Grader, ele deve possuir uma certificação mundial ligada ao Instituto de Qualidade do Café (Coffee Quality Institute – CQI). Este órgão, com sede nos Estados Unidos, trabalha para a melhoria da qualidade cafeeira mundial por meio de treinamentos e exames práticos que permitem o desenvolvimento de competências para a análise sensorial, além da habilidade em avaliar os defeitos da bebida.

Ou seja, um degustador e classificador de café (ou de cafés especiais) pode fazer o curso Q-Grader para ter o diploma. Para obter essa certificação, no entanto, o aluno é submetido a exames e treinamentos desenvolvidos com base na metodologia da Specialty Coffee Association (SCA). As aulas contêm exercícios teóricos e práticos e, ao final, o aluno realiza exames para buscar a obtenção da “Licença Q-Grader”, que o capacitará para atuar no comércio de cafés com qualidade certificada.

A formação de um Q-Grader envolve o conhecimento de todas as etapas da produção de café. Os itens abordados nos exames são conhecimentos gerais do café, testes de habilidade sensorial, olfativo, de triangulação, de ácidos orgânicos, de torra e testes de xícaras, além de identificação de amostras de torras e café verde. “No curso de Q-Grader, o aluno aprende desde as propriedades nutritivas do grão até a sua comercialização, assim como as influências do clima, altitude e a geografia no cultivo do café”, diz Vanusia Nogueira, diretora executiva da BSCA.

Para os interessados em se tornar um Q-Grader, a BSCA oferece os cursos durante todo o ano, justamente para ajudar na profissionalização na cadeia do café. Para mais informações, basta entrar em contato pelo e-mail info@bsca.com.br.

Quer saber mais sobre outras profissões na área? Fique atento no Blog BSCA e em nossas redes sociais, pois também iremos falar sobre as profissões de Barista e de Mestre de Torra.

NY - ICE US (US$ cents / lb-peso)
Contrato 23/04/18 24/04/18 Dif.
Mai/18 117,00 118,50 1,50
Jul/18 118,95 120,45 1,50
Set/18 121,00 122,50 1,50
ICE Europe (US$ por tonelada)
Contrato 23/04/18 24/04/18 Dif.
Mai/18 1736 1742 6,00
Jul/18 1769 1782 13,00
Set/18 1748 1759 11,00
SP - BM&FBovespa (US$/saca)
Contrato 23/04/18 24/04/18 Dif.
Set/18 147,00 148,55 1,55
Dez/18 148,30 150,25 1,95
Mar/19 153,55 155,50 1,95
CEPEA ESALQ/USP (R$ a vista)
Variedade 23/04/18 24/04/18 Dif.
Arábica 6 432,81 437,75 4,94
Robusta 6 324,83 326,37 1,54
Dólar Comercial
US$ 1 23/04/18 24/04/18 Dif.
R$ 3,4528 3,4693 0,02
CNC - Sede Brasília (DF)
SCN Qd. 01, Bloco C, nº 85, Ed. Brasília Trade Center - Sala 1.101
Brasília (DF) - CEP: 70711-902
Fone / Fax: (61) 3226-2269 / 3342-2610
E-mail: presidente@cncafe.com.br
CNC - Representação São Paulo (SP)
R. Treze de Maio, nº1558 - 6º andar
Bela vista, São Paulo (SP) - CEP: 01327-002
Fone: (11) 3284-6800 / Fax: (11) 3287-4600
E-mail: presidente@cncafe.com.br

Desenvolvido por Solute