Consenho Nacional do Café
23.02 - CNC - Balanço Semanal de 19 a 23/02/2018 21.02 - Cooxupé vê alta de mais de 8% na exportação de café com safra maior em 2018 21.02 - Femagri começou nesta quarta-feira em Guaxupé (MG) 21.02 - Empresa nº 1 na fabricação de tratores terá forte presença no evento na 4ª FECOM 21.02 - 4ª FECOM: Plataforma Global do Café traz soluções sustentáveis para o agronegócio 20.02 - Senar e Cooxupé assinam convênio na Femagri 20.02 - Femagri traz cultivo sustentável do café e lançamentos para melhorar qualidade 20.02 - 4ª FECOM: secador estático é atração confirmada no evento 16.02 - CNC - Balanço Semanal de 12 a 16/02/2018 09.02 - CNC - Balanço Semanal de 05 a 09/02/2018 07.02 - BSCA: Programa Destaque Brasil valoriza cafés especiais de colheita tardia 05.02 - Café: Silas Brasileiro é reeleito presidente executivo do CNC 05.02 - Mercado de cafés especiais deve crescer mais 19% este ano no Brasil, diz estudo 05.02 - ACA apresenta as novidades para a Fenicafé 2018 02.02 - Semana: Silas Brasileiro é reeleito presidente executivo do CNC 30.01 - Thiago Sabino é o campeão brasileiro de baristas em 2018 30.01 - Com a SMC, Cooxupé expande atuação no mercado de cafés especiais 29.01 - Minasul e Cocatrel realizam quarta edição da FECOM em março 29.01 - FEMAGRI 2018 quer melhorar o futuro da produção de café 29.01 - BSCA abre inscrições para primeiro curso de formação de Q-Graders
Notícias - Associados

Com a SMC, Cooxupé expande atuação no mercado de cafés especiais
Notícias Agrícolas
30/01/2018

Fonte: Cooxupé

Reconhecida internacionalmente pelo fornecimento de café verde tipo arábica de alta qualidade, a Cooxupé expande seus horizontes com atuação promissora também no mercado de cafés especiais. Somente em 2017, a cooperativa mineira cresceu 26% na comercialização deste produto diferenciado.

Para cuidar deste nicho de mercado, a Cooxupé mantém a SMC – Specialty Coffees. Criada em 2009, esta empresa - controlada pela cooperativa - comercializa e exporta cafés especiais das regiões do Sul de Minas, Mogiana e Cerrado. Para atender cada vez mais as demandas globais e trazer valor agregado aos mais de 14 mil cooperados da Cooxupé, a SMC desenvolveu em 2016 o programa “Cafés Especiais”, em que os degustadores do setor de Classificação da Cooxupé, ao identificar uma amostra de bebida diferenciada, enviam para a Classificação da SMC. Isto porque cafés diferenciados apresentam uma tabela de pontuação, que começa entre 80 e 82 pontos, e segundo as características (aroma, sabor, acidez, dentre outras) ganham um perfil e pontuação adequada. Diante disso, a equipe de Comercialização da SMC entra em contato com o (a) produtor (a) a fim de comercializar o café como um produto de valor agregado.

Foi por meio deste programa  que a SMC conseguiu inscrever quatro produtores de Nova Resende, cidade do sul de Minas, no mais importante concurso de qualidade de cafés especiais: o Cup of Excellence, realizado pela BSCA (Associação Brasileira de Cafés Especiais) e pela ACE (Aliança pela Excelência em Café, na tradução livre). Destes cafés selecionados, foi possível conquistar a fase internacional, alcançando a 20ª posição na categoria Natural. Para se ter uma ideia, cada saca de 60kg deste café está estimada em R$ 2 mil. Na mesma categoria, o primeiro lugar, produzido no Espírito Santo, é estimado em mais de R$39 mil a saca. Na categoria Pulped Naturals (Cereja Descascado), o café que conquistou primeiro lugar, vindo da região do Cerrado Mineiro, alcançou preço recorde na história do concurso, atingindo valor estimado de R$ 55 mil a saca.

Além disso, o programa “Cafés Especiais” levou para quatro núcleos da cooperativa palestras do professor da UFLA (Universidade Federal de Lavras) Flávio Borém. Na ocasião, o especialista revelou práticas e dicas de como conquistar cafés de alta qualidade.

Osvaldo Bachião, membro do conselho administrativo da Cooxupé e diretor da SMC, afirma  que a empresa deve continuar crescendo, além de incentivar o cooperado a se aprimorar para ter mais acesso e competitividade neste nicho de mercado. “Ao conseguir produzir lotes especiais, o produtor necessariamente irá melhorar toda sua safra. O mundo dos cafés de qualidade está sendo apresentado aos cooperados da Cooxupé e eles têm facilidade em assimilar as tecnologias envolvidas, então com certeza teremos crescimento significativo nos próximos anos”, declara.

NY - ICE US (US$ cents / lb-peso)
Contrato 22/02/18 23/02/18 Dif.
Mar/18 119,60 119,45 - 0,15
Mai/18 120,90 121,00 0,10
Jul/18 123,00 123,15 0,15
ICE Europe (US$ por tonelada)
Contrato 22/02/18 23/02/18 Dif.
Mar/18 1801 1793 - 8,00
Mai/18 1759 1751 - 8,00
Jul/18 1786 1779 - 7,00
SP - BM&FBovespa (US$/saca)
Contrato 21/02/18 22/02/18 Dif.
Mar/18 138,75 142,25 3,50
Set/18 148,70 148,75 0,05
Dez/18 151,35 153,55 2,20
CEPEA ESALQ/USP (R$ a vista)
Variedade 21/02/18 22/02/18 Dif.
Arábica 6 433,90 435,45 1,55
Robusta 6 320,77 319,83 - 0,94
Dólar Comercial
US$ 1 21/02/18 22/02/18 Dif.
R$ 3,2618 3,2486 - 0,01
CNC - Sede Brasília (DF)
SCN Qd. 01, Bloco C, nº 85, Ed. Brasília Trade Center - Sala 1.101
Brasília (DF) - CEP: 70711-902
Fone / Fax: (61) 3226-2269 / 3342-2610
E-mail: presidente@cncafe.com.br
CNC - Representação São Paulo (SP)
R. Treze de Maio, nº1558 - 6º andar
Bela vista, São Paulo (SP) - CEP: 01327-002
Fone: (11) 3284-6800 / Fax: (11) 3287-4600
E-mail: presidente@cncafe.com.br

Desenvolvido por Solute