Consenho Nacional do Café
23.08 - Federação dos Cafeicultores apresenta o V Prêmio Região do Cerrado Mineiro 22.08 - Cooxupé vai lançar “café para atletas” 23.08 - Cooperativas de MG se destacam em ranking da Revista Exame 22.08 - Colheita de cooperados da Cooxupé, até 19 de agosto, chega a 92% 22.08 - Cocatrel investe em diversas formas de comercialização para beneficiar seus cooperados 21.08 - Café especial: inscrições no Cup of Excellence – Brazil 2017 vão até setembro 21.08 - #CaféForte: Broca afeta 6% da produção de café do sul de Minas 18.08 - CNC - Balanço Semanal de 14 a 18/08/2017 17.08 - Vem aí a 3ª Feira de Negócios Cocatrel Minasul - FECOM 17.08 - Minasul participa da 4ª Feira de Negócios Coapeja 17.08 - Cooxupé deve receber menos café do que o esperado 16.08 - Colheita de cooperados da Cooxupé chega a 88% até 12 de agosto 16.08 - Cocatrel incorpora a M Coffees e amplia Departamento de Exportação e Cafés Especiais 16.08 - Minasul monta laboratório de informática em Escola Rural de Conceição do Rio Verde 16.08 - Café especial: Campeonato Brasileiro de Baristas ocorre em ambiente turístico e cultural 14.08 - 3ª FECOM traz inovação, intercooperação e tecnologia de ponta 14.08 - Safra do café deve ser ainda menor que a esperada no sul de MG 14.08 - Coopama realiza 13ª edição da FENEC 14.08 - Cooxupé dobra produção em planta de café torrado 11.08 - CNC - Balanço Semanal de 07 a 11/08/2017
Notícias - Associados

Grão de café pequeno? Entenda como isso ocorre
Canal Rural
10/08/2017

A irregularidade da chuva e as altas temperaturas comprometeram a produtividade do café em Minas Gerais na temporada 2017. De acordo com a Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé), cafeicultores podem enfrentar o desafio de um desempenho abaixo do esperado, seguindo exemplo de anos anteriores como 2014 e 2015.

 

Para explicar como o clima pode influenciar no desenvolvimento do fruto ou do grão, o coordenador técnico de geoprocessamento da cooperativa, Eder Ribeiro, analisa o volume de chuva na região atendida pela entidade e é categórico em afirmar que algumas localidades devem apresentar grãos menores na safra atual. “Fizemos levantamentos semanais e procuramos quantificar a distribuição das chuvas para entender as regiões que podem apresentar maiores problemas”, explica Eder Ribeiro (foto: reprodução Canal Rural), coordenador técnico de Geoprocessamento da Cooxupé.

 

Segundo Ribeiro, a cooperativa mede o rendimento obtido pelos cafeicultores durante o benefício e, em média, 480 litros de café produz uma saca de 60 quilos. Com a falta de chuva, a região da Cooxupé passou a produzir com os mesmos 480 litros a quantidade de 54 quilos. "Isso foi observado em regiões com irregularidades de chuvas, principalmente nas cidades mais baixas que registraram temperaturas mais altas", comenta.

 

Impacto da falta de chuva no café

Após a floração, o fruto do café começa a se formar e, até a 16ª semana, a chuva é essencial para garantir o bom desenvolvimento. Da semana seguinte em diante, porém, a chuva é fundamental para promover o bom desenvolvimento do grão.

 

Sendo assim, é possível que um fruto volumoso possa produzir um grão miúdo se as chuvas não forem suficientes a partir da 16ª semana, que geralmente ocorre em janeiro.

 

 

Será que o clima prejudicou a sua região?

Segundo levantamento feito pela Cooxupé, o mês de setembro foi muito seco na região produtora, no Sul de Minas Gerais. A maioria das cidades registrou volume de chuva menor do que 30 milímetros.

 

Com o passar dos meses, a chuva atingiu apenas algumas localidades durante o período de desenvolvimento do fruto, que vai até o início de janeiro. No primeiro mês de 2017, no entanto, a chuva voltou a cair em boa parte da região produtora, mas a seca voltou em algumas localidades durante o período da formação do grão. Por esse motivo, alguns produtores vão amargar grãos menores nesta temporada.

NY - ICE US (US$ cents / lb-peso)
Contrato 22/08/17 23/08/17 Dif.
Set/17 125,85 126,25 0,40
Dez/17 129,10 128,70 - 0,40
Mar/18 132,70 132,30 - 0,40
ICE Europe (US$ por tonelada)
Contrato 22/08/17 23/08/17 Dif.
Set/17 2158 2131 - 27,00
Nov/17 2135 2100 - 35,00
Jan/18 2091 2065 - 26,00
SP - BM&FBovespa (US$/saca)
Contrato 22/08/17 23/08/17 Dif.
Set/17 151,50 152,05 0,55
Dez/17 156,45 156,95 0,50
Mar/18 157,65 157,15 - 0,50
CEPEA ESALQ/USP (R$ a vista)
Variedade 22/08/17 23/08/17 Dif.
Arábica 6 448,96 446,41 - 2,55
Robusta 6 410,96 410,10 - 0,86
Dólar Comercial
US$ 1 22/08/17 23/08/17 Dif.
R$ 3,1810 3,1421 - 0,04
CNC - Sede Brasília (DF)
SCN Qd. 01, Bloco C, nº 85, Ed. Brasília Trade Center - Sala 1.101
Brasília (DF) - CEP: 70711-902
Fone / Fax: (61) 3226-2269 / 3342-2610
E-mail: presidente@cncafe.com.br
CNC - Representação São Paulo (SP)
R. Treze de Maio, nº1558 - 6º andar
Bela vista, São Paulo (SP) - CEP: 01327-002
Fone: (11) 3284-6800 / Fax: (11) 3287-4600
E-mail: presidente@cncafe.com.br

Desenvolvido por Solute