Consenho Nacional do Café
23.08 - Federação dos Cafeicultores apresenta o V Prêmio Região do Cerrado Mineiro 22.08 - Cooxupé vai lançar “café para atletas” 23.08 - Cooperativas de MG se destacam em ranking da Revista Exame 22.08 - Colheita de cooperados da Cooxupé, até 19 de agosto, chega a 92% 22.08 - Cocatrel investe em diversas formas de comercialização para beneficiar seus cooperados 21.08 - Café especial: inscrições no Cup of Excellence – Brazil 2017 vão até setembro 21.08 - #CaféForte: Broca afeta 6% da produção de café do sul de Minas 18.08 - CNC - Balanço Semanal de 14 a 18/08/2017 17.08 - Vem aí a 3ª Feira de Negócios Cocatrel Minasul - FECOM 17.08 - Minasul participa da 4ª Feira de Negócios Coapeja 17.08 - Cooxupé deve receber menos café do que o esperado 16.08 - Colheita de cooperados da Cooxupé chega a 88% até 12 de agosto 16.08 - Cocatrel incorpora a M Coffees e amplia Departamento de Exportação e Cafés Especiais 16.08 - Minasul monta laboratório de informática em Escola Rural de Conceição do Rio Verde 16.08 - Café especial: Campeonato Brasileiro de Baristas ocorre em ambiente turístico e cultural 14.08 - 3ª FECOM traz inovação, intercooperação e tecnologia de ponta 14.08 - Safra do café deve ser ainda menor que a esperada no sul de MG 14.08 - Coopama realiza 13ª edição da FENEC 14.08 - Cooxupé dobra produção em planta de café torrado 11.08 - CNC - Balanço Semanal de 07 a 11/08/2017
Notícias - Café na Mídia

Exportação de café apresenta aumento de 9,9% no penúltimo mês do ano safra 2016/17
CDN / Assessoria de imprensa do Cecafé
09/06/2017

Em maio, segundo o balanço das exportações de café do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), foram exportadas 2.437.823 sacas, enquanto em abril o número registrado foi de 2.216.834 sacas, um crescimento de 9,9%. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o volume representa um decréscimo de 3,6%. Já a receita cambial ficou em US$ 418,9 milhões, com o preço médio da saca em US$ 171,84, um aumento de 13% e 17,2%, respectivamente na comparação com maio de 2016.

 

Os cafés verdes alcançaram, em maio, um total de 2.209.116 sacas, 2.189.557 de arábica e 19.559 de robusta. O total do café industrializado ficou em 228.707 sacas, uma queda de 23,8% em relação ao mesmo mês em 2016, sendo 227.899 sacas de café solúvel e 808 sacas de café torrado e moído.

 

“Essa foi uma surpresa positiva neste período de entressafra e mais um indício de que devemos fechar tanto o ano cafeeiro quando o ano civil com um bom desempenho, ainda abaixo dos recordes registrados anteriormente, mas podemos considerá-lo positivo dentro de um cenário desafiador, com a oferta comprometida devido a fatores climáticos”, afirma Nelson Carvalhaes, presidente do Cecafé. “Com o início da próxima safra, em julho, poderemos vislumbrar melhor a performance, mas tudo indica que teremos um incremento nas exportações”, acrescenta.

 

No acumulado do ano safra 2016/17, as exportações brasileiras de café apresentaram queda de 7,3%, na comparação com o mesmo período do ano anterior. A receita cambial entre julho-2016/maio-2017, no entanto, totalizou um aumento de 5,2% com valor acima de US$ 5,2 bilhões, com preço médio da saca a US$ 171,89.

 

Os primeiros cinco meses de 2017 acompanharam o movimento de baixa, com o total de exportações declinando 8,2% na comparação com o mesmo período de 2016. A receita cambial no período foi positiva, com crescimento de 9,3%, somando US$ 2,2 bilhões, com o preço médio da saca a US$ 174,85.

 

Principais destinos

No total, entre janeiro e maio de 2017, os Estados Unidos seguem na liderança como o país que mais recebeu café exportado do Brasil, representando 19,2% dos embarques no período (2.437.868 sacas). A Alemanha aparece na sequência, com 18% (2.286.656 sacas).

 

Itália, Japão e Bélgica também têm destaque no ranking, com 10,1% (1.278.909 sacas); 6,9% (881.238 sacas) e 6,2% (785.413 sacas), respectivamente.

 

Portos

No acumulado do ano, o Porto de Santos segue como principal via de escoamento da safra para outros países, com 87,4% de participação, sendo 11.102.916 sacas embarcadas. Os portos do Rio de Janeiro seguem em segundo lugar, com 9,2% de participação nos cinco primeiros meses do ano. (1.164.833 sacas).

 

O relatório completo está disponível no site do Cecafé: http://www.cecafe.com.br/.

NY - ICE US (US$ cents / lb-peso)
Contrato 22/08/17 23/08/17 Dif.
Set/17 125,85 126,25 0,40
Dez/17 129,10 128,70 - 0,40
Mar/18 132,70 132,30 - 0,40
ICE Europe (US$ por tonelada)
Contrato 22/08/17 23/08/17 Dif.
Set/17 2158 2131 - 27,00
Nov/17 2135 2100 - 35,00
Jan/18 2091 2065 - 26,00
SP - BM&FBovespa (US$/saca)
Contrato 22/08/17 23/08/17 Dif.
Set/17 151,50 152,05 0,55
Dez/17 156,45 156,95 0,50
Mar/18 157,65 157,15 - 0,50
CEPEA ESALQ/USP (R$ a vista)
Variedade 22/08/17 23/08/17 Dif.
Arábica 6 448,96 446,41 - 2,55
Robusta 6 410,96 410,10 - 0,86
Dólar Comercial
US$ 1 22/08/17 23/08/17 Dif.
R$ 3,1810 3,1421 - 0,04
CNC - Sede Brasília (DF)
SCN Qd. 01, Bloco C, nº 85, Ed. Brasília Trade Center - Sala 1.101
Brasília (DF) - CEP: 70711-902
Fone / Fax: (61) 3226-2269 / 3342-2610
E-mail: presidente@cncafe.com.br
CNC - Representação São Paulo (SP)
R. Treze de Maio, nº1558 - 6º andar
Bela vista, São Paulo (SP) - CEP: 01327-002
Fone: (11) 3284-6800 / Fax: (11) 3287-4600
E-mail: presidente@cncafe.com.br

Desenvolvido por Solute